lunes, 30 de mayo de 2016

OPERA DI EVANGELIZZAZIONE IN ASIA

Martiri recenti della Chiesa in Asia
(Professor Jose Vidamor Yu)
Gesù è nato, vissuto e morto in Asia. Ha predicato, insegnato e reso testimonianza della volontà del Padre in Asia e ha reso questo continente una terra di promessa e di speranza per tutto il genere umano (EA, n.1) E’ a partire da questo continente che il comandamento del Signore "Andate dunque e ammaestrate tutte le nazioni" (Mt 28, 19) deve essere realizzato.
Martiri asiatici: dono per la Chiesa
La nascita della Chiesa in Asia è antica quanto la nascita della Chiesa stessa. La religione cristiana si è diffusa rapidamente da Gerusalemme ad Antiochia e poi in Occidente, fino a Roma. Il cristianesimo ha raggiunto le coste dell’India dove san Tommaso ha predicato e ha subito il martirio. La fede è giunta in Armenia e il Vangelo è stato predicato dai santi Giuda Taddeo e Bartolomeo. Attraverso il loro martirio, l’Armenia è divenuta la prima nazione ad abbracciare il cristianesimo. L’evangelizzazione apostolica della Siria, delle nazioni arabe durante il V secolo, dei cinesi nel XIII secolo e della regione del Pacifico a partire dal XV secolo ha donato testimoni e martiri della fede cristiana.Questi luminosi modelli cristiani hanno mostrato una testimonianza di fede e un’opera straordinarie per la crescita della Chiesa in Asia. Gli asiatici, elevati agli onori degli altari di recente, hanno piantato la fede cristiana nel grembo delle più antiche tradizioni e religioni del mondo. Il loro sangue ha contribuito alla crescita della Chiesa. Il loro martirio è stata una fonte profonda di "ricchezza spirituale e un grande strumento di evangelizzazione" (EA, n. 9).
Martiri asiatici: ispirazione per i missionari
Gli esempi dei martiri cristiani, sia di quelli proclamati dalla Chiesa sia di quelli che Dio solo conosce, sono una ispirazione e un incoraggiamento ai missionari che instancabilmente dedicano la propria vita all’opera evangelizzatrice della Chiesa in Asia. I missionari dovrebbero anche trarre ispirazione da quanti hanno vissuto l’essenza del messaggio cristiano. Giovanni Paolo II auspica che "che la grande schiera di martiri dell'Asia, antichi e nuovi, non cessi mai di insegnare alla Chiesa in quel Continente cosa significhi rendere testimonianza all'Agnello…" (EA, n. 49). La vocazione al martirio o alla testimonianza non è solo un dono della persona a Dio, ma anche un dono alla Chiesa e all’Asia. "La fede della Chiesa in Gesù è un dono ricevuto ed un dono da condividere; è il dono più grande che essa può offrire all'Asia." (EA, n. 10). Questo dono di fede implica difficoltà, prove, sfide e le varie difficoltà di predicare il Vangelo poiché missionari si imbattono continuamente nella ricchezza delle culture dell’Asia. Il viaggio di fede in Asia è un viaggio verso la ricchezza dei sacrifici fatti dai martiri asiatici. Il sangue dei martiri versato in questo continente ha dimostrato alle popolazioni asiatiche il valore della "santità di vita e di come occorra essere pronti ad offrire la propria esistenza per il Vangelo" (EA, n. 9)
Martiri asiatici: nuovi orizzonti per le missioni oggi
L’Asia è benedetta da martiri che ispirano il rinnovamento della missione oggi. I martiri hanno infuso nel cuore degli asiatici il senso di missione e di solidarietà . In India, Gonsaolo Garcia e John de Brito sono stati canonizzati rispettivamente nel 1629 e nel 1947. Joseph Vaz fu beatificato nel 1995. Il Giappone possiede Paul Miki e i suoi compagni, Grazia Hosawaka, LudivicoIbaragi, Michael Kozaki e Takayam Ukon. La Corea ha più di 10.000 martiri e Giovanni Paolo II ha canonizzato 103 martiri a Seul nel 1984. La Corea onora Andrew Kim Taegon, un sacerdote coreano con Chung Hasang e Kim Hyoim che erano responsabili laici. Le Filippine hanno Lorenzo Ruiz e i suoi compagni e il catechista Pedro Calungsod che è stato beatificato nel 2000. Il Vietnam ha più di 130.000 martiri, fra i quali 117 canonizzati nel 1988: Andrew Dung Lac, Phanxico Xavier Can, Vincent Diem, Phaolo Le Bao Tinh, Phero Nguyen Khac Tu e Agnes Le Thi Thanh che è stato beatificato nel 2000. Per quanto riguarda la Cina, nel 2000 Giovanni Paolo II ha canonizzato 120 martiri, fra i quali 33 missionari e 87 cinesi.

La testimonianza dei martiri asiatici ha insegnato alla Chiesa a essere testimone autentica del Vangelo. Ciò significa che la Chiesa condivide le gioie e i dolori, le speranze e le sofferenze e le preghiere e le opere dei popoli asiatici. La Chiesa in Asia è vicina ai poveri che includono immigrati, indigeni e popolazioni tribali, donne e bambini e chi subisce le peggiori forme di sfruttamento (EA, n. 34).

LIVRO: BOTÂNICA BÍBLICA

Livro Botânica Bíblica pode ser lido gratuitamente logo abaixo, feito download, ou você pode comprá-lo em e-book ou impresso por várias editoras e livrarias como: amazon.com ou clubedeautores.com.br






Sinopse

O aprofundamento no conhecimento da palavra de Deus nos leva a olhar atentamente para as plantas citadas nas Escrituras, inclusive uma análise profunda demonstra que a botânica bíblica nos dá razões para acreditar ainda mais na Bíblia como um livro, no mínimo historicamente correto.
Se a Bíblia fosse uma fábula inventada por religiosos para dominar o povo, certamente haveriam erros botânicos irreparáveis e que os estudiosos perceberiam a farsa histórica que é a Bíblia. Mas não é assim...
Através das plantas citadas na Bíblia, percebemos que o tipo de vegetação citada na Bíblia corresponde com o material orgânico que encontramos na região de Israel, portanto para aqueles que gostam de entender além de crer, este livro será um instrumento para alicerçar sua fé em Deus e na Bíblia.


Cover_front_perspective
Número de páginas: 174

Edição: 1(2016)

ISBN: 978-1533529114

Formato: A5 148x210

Coloração: Preto e branco

Acabamento: Brochura c/ orelha

Tipo de papel: Offset 75g

lunes, 9 de mayo de 2016

LIVRO: PARAPSICOLOGIA BÍBLICA

Esta obra é rara, dificilmente se encontra no meio cristão livro que aborde os fenômenos paranormais a luz da Bíblia. O Escriba Valdemir publicou este livro em dezenas de livrarias virtuais, tanto impresso como no formato de e-book.
Compre-o no clubedeautores.com ou no amazon.com


Cover_front_medium


domingo, 3 de abril de 2016

ブック:生物学 - 進化の神話

進化の神話上の日本語で、この本を出版ウラジミールスクライブは、本は、など、いくつかのオンライン書店で購入することができます。

http://www.amazon.com/Ikimonogaku-shinka-shinwa-Shinka-ron-Japanese/dp/1530731364/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1459697570&sr=8-1&keywords=Ikimonogaku+%E2%80%93+shinka+no+shinwa

https://clubedeautores.com.br/book/206567--Ikimonogaku__shinka_no_shinwa?topic=liberdadepolitica%26seguranca#.VwE3SPkrLIU

この本は生物学は進化論を反駁し、作成を担当一つとして神をあがめるの明確な目的を持っています。聖書は、この本を通して、私たちは人生の主のタイトルで神に課税、行為17.24から28で述べているように私たちは、男性に非常に近いです作成者にこのボリュームを捧げます。男性は彼らの存在がここに創造の行為ではなく、プロセスの進展に由来この文献を発表しました。神への真の信者は、この本は、人生と人間の起源についての自分の信念を強化します。科学者たちは、何の信念が、その唯一の目的から研究をそらすべきではないことを指摘し、科学の発展を妨げる理論の再考をお願い:真実を。



あなたが変換エラーを見つけた場合は、Facebook経由の作者に知らせます:

https://www.facebook.com/centrodeevangelismouniversal/

viernes, 11 de marzo de 2016

LIVRO: O DIABO ESTÁ AO SEU LADO

O Escriba Valdemir publicou este livro e pode ser comprado impresso ou em e-book no endereço abaixo, além de dezenas de outras editoras e livrarias virtuais. Pode ser lido na íntegra logo a seguir.

https://www.clubedeautores.com.br/book/204955--O_Diabo_esta_ao_seu_lado?topic=desenvolvimento#.VuIzdfkrLIU
Cover_front_medium
Tive inúmeras experiências com os demônios, e a cada dia tenho novas experiências. Ninguém passa por este mundo sem sentir por algum momento uma perturbação em sua vida. Um vulto que passou por trás de você, uma voz chamando seu nome e você não vê ninguém. Um pesadelo extremamente assustador. Um impulso maligno para fazer algo contrário a sua consciência. Muitas vezes uma voz, como se houvesse outra pessoa discutindo em sua mente com você, te tentando para fazer algo proibido. Cada um fazendo uma retrospectiva da sua vida perceberá que em alguns momentos uma presença maligna o cercou. Não tem como evitar isso. Aliás, quanto mais a pessoa se volta para Deus, mais chances ela terá de sentir o Mal lhe rondando, lhe cercando e espreitando sua vida, porque o Diabo não quer ninguém bem.  



martes, 15 de diciembre de 2015

LIVRO: ENTENDA A CONGREGAÇÃO CRISTÃ - VOLUME I

Escriba Valdemir publica livro ENTENDA A CONGREGAÇÃO CRISTÃ - VOLUME I, contendo as deliberações das convenções de 1936 a 1964 com comentários. 168 páginas  (Pode ser adquirido impresso por:amazon.com, clubedeautores.com.br e outras livrarias virtuais). 

Cover_front_medium


Este livro é parte de uma série na qual irei analisar as deliberações tomadas nas convenções da Congregação Cristã. Minhas reflexões sobre a CCB não tem o intuito de acusa-la como seita, nem também de divulga-la como a igreja verdadeira. Minhas convicções são pautadas na crença que a Bíblia é a palavra de Deus e que nela encontramos os fundamentos, paredes e cobertura da nossa religião. Outra convicção que tenho é que toda instituição é humana, com falhas, defeitos e compostas por homens pecadores. Se o próprio Jesus ao formar pessoalmente um grupo pequeno de doze homens escolhidos a dedo, ainda assim havia entre eles invejoso, traidor, ladrão, mentiroso etc. Quanto mais em outras comunidades de servos de Deus.Em minhas observações sobre as decisões da CCB, muitas vezes irei tecer caudalosos elogios as suas posturas éticas e doutrinárias. Por outro lado irei fazer ácidas críticas àquilo que considero estar errado.


domingo, 15 de noviembre de 2015

EVANGELIZAR DE CASA EM CASA

Renovando a Evangelização de casa em casa

Evangelização domiciliar: Levando o Evangelho onde as pessoas estão.
A evangelização de casa em casa continua a ser uma excelente estratégia evangelística. Obviamente, com a modificação do perfil das cidades, pode não ser a estratégia aplicável para os bairros com muitos prédios, ou residências de alto padrão. Porém, onde é cabível a evangelização de casa em casa deve ser renovada com criatividade e realizada com genuíno amor.
A evangelização de casa em casa foi uma das estratégias mais frutíferas no crescimento da Igreja Brasileira. Hoje, parou no tempo. Muitas das igrejas que ainda utilizam essa estratégia fazem como se fazia antigamente, mas, grande parte já não quer fazê-lo. Várias razões são apresentadas.
Serem confundidas com as Testemunhas de Jeová é um primeiro argumento contra a evangelização de casa em casa; Como se Cristo fosse aceitar nossa “dignidade” como desculpa para falta de evangelização. Bairros verticais, com muitos prédios inacessíveis, a segurança residencial nas grandes cidades e uma população mas desconfiada, mais estressada, menos amável são outras razões apresentadas para não se fazer esse tipo de evangelização e nenhum outro. É mais provável que o egoísmo e o egocentrismo, que contaminou a fé dos novos crentes sejam a verdadeira razão por trás da diminuição da evangelização. Quando queremos, a evangelização de casa em casa pode ser muito interessante e efetiva. Aqui estão algumas idéias:
1 – Os filhos de Deus: Todo mundo é filho de Deus? Trabalhando sobre a idéia dos testes de paternidade, propusemos apresentar as características dos verdadeiros filhos de Deus. Dez folhetos simples foram desenvolvidos, um introdutório e nove outros com as características do fruto do Espírito (Gl 5:22) e, semanalmente, foram distribuídos nas mesmas casas da região. A mensagem era a mesma: Os filhos de Deus são amorosos; Os filhos de Deus são alegres; Os filhos de Deus são pacíficos: Os filhos de Deus são bondosos… Cada folheto trazia uma mensagem curta, explicando o que aquela característica dos filhos de Deus significa e depois ensinava com adquiri-lá: enchendo-se do Espírito. Foi interssante ver com as pessoas esperavam os novos folhetos com cuidado e veiram para a igreja.
2 – Questão de saúde: Em outra  situação, os crentes foram treinados para falar, de casa em casa, sobre doenças que afetam toda a população (diabetes, pressão alta, alcoolismo etc.) Para cada apresentação, foi criado um folheto. O tema da campanha foi bem-que-quer. Dessa forma, a igreja demonstrou interesse genuíno pela vida das pessoas. As portas de abriram e a mensagem do Evangelho foi apresentada como saúde espiritual das pessoas em cada casa.
3 -  Novena da família: Em uma região bastante católica, e com muita disfunção familiar, foi usado um livreto muito interessante de leituras bíblicas e orações, que levava as pessoas a orar por sua própria família durante nove dias, acompanhando o plano da salvação da família – conceito desenvolvido pela AMME para o Livro da Família. Aproveitou-se assim o costume das novenas. Mas deu-se um conteúdo bíblico e direcionado para uma necessidade urgente.
4 – Os amigos de Jesus: Com esse programa da AMME, os evangelizadores visitam famílias com crianças pequenas, ensinam e motivam os pais a contar histórias para os filhos, falando sobre os benefícios disso. Os pais ficam comovidos pela importância e sincero interesse da igreja por sua família. Enquanto leem as histórias de Jesus para os filhos, eles também aprendem o Evangelho e as relações familiares melhoram.
Estes dois exemplos mostram como a evangelização de casa em casa pode ser criativa e obter mais resultados. Contudo, o evangelista não deve escolher este ou outro tipo de evangelização pela facilidade, ou porque outros têm feito assim. A estratégia de evangelização deve ser escolhida em função do público/situação que se quer alcançar.
Esse texto foi escrito pelo pastor José Bernardo – Fundador e Presidente da AMME EVANGELIZAR